sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Um Natal pode-se fazer de coisas simples...



Para além de tudo que vem compondo o meu Natal de há uns anos para cá, este ano, no sapatinho, tinha algo de muito especial ...


Fica registado para a eternidade!!


Obrigada de coração e o nosso abraço!


video

domingo, 7 de dezembro de 2008

Ser feliz...




"(...)

Ser feliz é reconhecer que vale a pena ViVer, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.


Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.


É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.

É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.

É saber falar de si mesmo.

É ter coragem para ouvir um "não".

É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo..."



Fernando Pessoa

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Estou além


Nao consigo dominar
Este estado de ansiedade
A pressa de chegar
P'ra nao chegar tarde
Nao sei de que é que eu fujo
Sera desta solidao
Mas porque é que eu recuso
Quem quer dar-me a mao
Vou continuar a procurar
A quem eu me quero dar
Porque até aqui eu só:
Quero quem quem eu nunca vi
Porque eu só quero quem
Quem nao conheci
Porque eu só quero quem
Quem eu nunca vi
Porque eu só quero quem
Quem nao conheci
Porque eu só quero quem
Quem eu nunca vi
Esta insatisfacao
Nao consigo compreender
Sempre esta sensacao
Que estou a perder
Tenho pressa de sair
Quero sentir ao chegar
Vontade de partir
P'ra outro lugar
Vou continuar a procurar
A minha forma
O meu lugar
Porque até aqui eu só:
Estou bem aonde eu nao estou
Porque eu só quero ir
Aonde eu nao vou
Porque eu só estou bem
Aonde eu nao estou

António Variações
------------------Leste-me a alma...

segunda-feira, 20 de outubro de 2008


Still can remember
The last time I cried
I was holding you and loving you
Knowing it would end
I never felt so good Yet felt so bad

You're the one I love
And what makes it sad
Is you don't belong to me
And I can remember
The last time I lied
I was holding you and telling you
We could still be friends
Tried to let you go
But I can't, you know
And even though I'm not with you
I need you so
But you don't belong to me

Comin' in and out of your life Isn't easy,
When there's so many nights
I can't hold you and I've told you
These feelings are so hard to find
Comin' in and out of your life

Will never free me'
Cause I don't need to touch you To feel you, it's real with you
I just can't get you out of my mind
But I can remember the last time we tried
Each needing more than we could give
And knowing all the time
A stronger love Just can't be found
Even though at times this crazy worldIs turning up-side-down

You'll always belong to me(Comin' in and out of your life)
Isn't easy,When there's so many nights
I can't hold you and I've told you
These feelings are so hard to find
Comin' in and out of your life
Will never free me
I don't need to touch you
To feel you, it's so real with you

I can't get you out of my mind
But I can remember...

sexta-feira, 3 de outubro de 2008


"Não chores, se o tempo não ri...
Ficarei a teu lado, esperando por ti...
Perdidos na noite, unidos na sorte e depois...
Guardando as palavras que temos pensadas de amor...

Quando as nuvens chorarem,
E as águas secarem, teus olhos sem fim.
Partirei nessa hora, chovendo lá fora,
Por dentro de mim...
Contigo, consigo chegar...
E partir na magia, de um dia voltar...
Não tenho o direito, de ter o que aceito
E não dou.
Em troca de tanto, entre nós o encanto ficou..."

Carlos Paião

sábado, 27 de setembro de 2008

UM DIA



"Um dia, gastos, voltaremos
A viver livres como os animais
E mesmo tão cansados floriremos
Irmãos vivos do mar e dos pinhais.
O vento levará os mil cansaços
Dos gestos agitados irreais
E há-de voltar aos nossos membros lassos
A leve rapidez dos animais.
Só então poderemos caminhar
Através do mistério que se embala
No verde dos pinhais na voz do mar
E em nós germinará a sua fala..."

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Sorrir sempre ...


"Sorri quando a dor te torturar

E a saudade atormentar

Os teus dias tristonhos vazios



Sorri quando tudo terminar

Quando nada mais restar

Do teu sonho encantador



Sorri quando o sol perder a luz

E sentires uma cruz

Nos teus ombros cansados doridos



Sorri vai mentindo a sua dor

E ao notar que tu sorris

Todo mundo irá supor

Que és feliz"



E acrescento eu ... "E quando não se é actor?"




sábado, 6 de setembro de 2008

Doces Palavras...



















Ontem foi o meu aniversário! Mais um ano por aqui, neste grãozinho de poeira cósmica.
Como é apanágio destes dias, recebemos beijinhos, telefonemas, mensagens, prenditas...e supresas...boas surpresas!
Este ano recordarei sempre...Fui brindada com o que há de mais bonito: um "Antúrio de Luz" mostrou que realmente existe, embora eu sempre soubesse disso . Entre escritos doces e um quadro pintado de carinho, com o tema "mar reinventado", visitou-me a felicidade.
Talvez não percebam o quero dizer, mas há alturas em que as palavras não são necessárias... há quem as escute com os ouvidos da alma.

Um abraço de luz de Mim...para Ti (f)

E beijinhos para todos.

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Encontro Especial

Ontem foi um dia diferente...

Estive, pela primeira vez, num encontro católico em Braga, organizado pela comunidade Cristo de Betânia , com a presença do Padre Rufus, Exorcista Carismático reconhecido pelo Vaticano. Não sabia o que ía acontecer...Foi uma surpresa que, independente das minhas crenças, ainda me conseguiu deixar desconcertada. Começou com cânticos de Louvor cheios de ritmo e alegria muito longe do mofo instalado em tantas igrejas...Depois veio o Espírito Santo, domando e dominando corpos e espíritos...Ver para Crer como S.Tomé...e acima de tudo experienciar e sentir. Contra factos não há argumentos! Foi um dia especial em que estive rodeada de pessoas e almas especiais...Que pena não terem estado lá!

domingo, 27 de julho de 2008

Parabéns Mamã!!




Hoje faz anos a melhor mãe do mundo... a minha!


Parabéns mamã! Que a vida ainda te traga muitas alegrias...

quarta-feira, 23 de julho de 2008

Fim de tarde... tem sido assim...


A tarde é de oiro rútilo: esbraseia.
O horizonte: um cacto purpurino.
E a vaga esbelta que palpita e ondeia,
Com uma frágil graça de menino,


Pousa o manto de arminho na areia
E lá vai, e lá segue o seu destino!
E o sol, nas casas brancas que incendeia,
Desenha mãos sangrentas de assassino


Que linda tarde aberta sobre o mar!
Vai deitando do céu molhos de rosas
Que Apolo se entretém a desfolhar...

E, sobre mim, em gestos palpitantes,
As tuas mãos morenas, milagrosas,
São as asas do sol, agonizantes...


Florbela Espanca

sábado, 12 de julho de 2008

Sem rosto, sem corpo...




video

Duas vozes magníficas, uma letra a apelar ao coração, seja qual for o tipo de afecto que nos faz gostar. E pode acontecer... encontrar alguém que nunca se conheceu, que não se sabia procurar, e que, finalmente, se encontrou ... sem que alguma vez se tenha esquecido! É bom existirem esses alguéns nas nossas vidas, ainda que o Cosmos tenha a sua maneira de fazer as coisas :) É um prazer ter-te na minha vida...


Beijinhos. Teresa (ET)

sexta-feira, 4 de julho de 2008

Os gatos ...

Ontem, antes de dormir, vi uma apresentação que falava de gatos e dos seres especiais que eles são! Mais uma vez era realçada a capacidade destes seres misteriosos captarem as energias menos boas e a canalizarem para si próprios, neutralizando-a com um "dom" que lhes é natural! Aconselhava até que tivessemos mais do que um felino em casa, evitando assim "sobrecarregar" um só destes fofinhos, que instintivamente se aproximam de nós numa atitude de protecção, já que "pressentem" se estamos mais ou menos iluminados, contrariando assim a ideia de que estes animais ágeis, suaves e desconcertantes, são totalmente independentes, falsos e interesseiros! Quanto aos gatinhos abandonados, foi defendida uma ideia interessante: "Não é o dono que escolhe o seu gato, mas o gato que se faz escolher":) Foi assim com o meu Katrina!Veio, conquistou e ficou...até hoje! Desconfio que ele adivinhou que vi a apresentação...À noite veio ao meu quarto, saltou para a cama e aninhou-se ao meu lado... Noutro dia tê-lo-ia colocado fora do quarto, mas ontem... pronto...deixei-0 fazer a missão dele: ficou ali a proteger-me ... e a ronronar:)


Beijinhos

quarta-feira, 2 de julho de 2008

Uma Rosa Especial


Hoje parei um bocado.
Entreguei o meu pacotinho de exames nacionais corrigidos, que encerra uma quantidadezinha de relíquias que me consumiram estes últimos dias. Já sonhava com com números e cotações...Entregá-los foi ficar espantosamente "mais leve".

Quando páro penso, ainda que pense em movimento também:). Mas hoje parei para pensar naquilo que nos faz correr! Olhei para aquele envelope cheios de provas e pensei:"Quantas horas da minha vida te dediquei?". Foram tantas e tão egoístas!

Pergunto-me se terei conseguido esse tempo para dedicá-lo a quem amo, sempre!!!

Hoje penso numa pessoa em particular, a minha tia, de nome Rosa! Neste espaço de flores e pétalas deixo umas palavras que improviso agora para ela, para que as leia quando voltar a casa, depois de, como nos habituou, ganhar a batalha contra um corpo físico que teima em medir forças...

Então para ti nina,


Nas batalhas desta vida, és uma guerreira,

qual alma vagabunda que enfrenta o vendaval

Os ventos da tormenta que arrastam a mariposa,

transformas tu em brisa e em pétalas de Rosa.

Hoje dor... amanhã flor!


Adoro-te Lolita!! Beijinhos e uma flor...

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Respirar


"Orar não é pedir. Orar é a respiração da alma!"

Mahatma Gandhi
Hoje li esta frase... fiquei a pensar!
De vez em quando lá acontece... E aqui está a conclusão a que cheguei : Então é por isso que ainda não perdi o fôlego... porque respiro!! E entre cada inspiração expiro o que me atormenta e o que me faz feliz... Ainda que muitas vezes o faça de forma egoísta e egocêntrica!!Sinto-me tão oxigenada... Obrigada a Ti por me escutares!Só queria conseguir ouvir as respostas mais vezes... Tenho de estar atenta...




sexta-feira, 13 de junho de 2008

Blogue novo em folha



Há já algum tempo que andava para criar um blogue...Hoje finalmente decidi-me! Não sei se o vou usar muito, pouco, ou assim assim...mas tenho um blogue!

Pensei em criá-lo para "escrever" estados de alma... e ele são tantos! E depois há aqueles estados de alma em que, o estado é tal, que nem apetece escrever. Choraminguices! Mas enfim tenho um blogue! Não sou uma info - excluída:)

Pétalas de flor porquê?...E porque não? Gosto de flores, gosto de pétalas... PÉTALAS de FLOR parece-me bem! Vamos ver no que dá! Uma flor para vocês! Teresa

NeoEarth