domingo, 27 de julho de 2008

Parabéns Mamã!!




Hoje faz anos a melhor mãe do mundo... a minha!


Parabéns mamã! Que a vida ainda te traga muitas alegrias...

quarta-feira, 23 de julho de 2008

Fim de tarde... tem sido assim...


A tarde é de oiro rútilo: esbraseia.
O horizonte: um cacto purpurino.
E a vaga esbelta que palpita e ondeia,
Com uma frágil graça de menino,


Pousa o manto de arminho na areia
E lá vai, e lá segue o seu destino!
E o sol, nas casas brancas que incendeia,
Desenha mãos sangrentas de assassino


Que linda tarde aberta sobre o mar!
Vai deitando do céu molhos de rosas
Que Apolo se entretém a desfolhar...

E, sobre mim, em gestos palpitantes,
As tuas mãos morenas, milagrosas,
São as asas do sol, agonizantes...


Florbela Espanca

sábado, 12 de julho de 2008

Sem rosto, sem corpo...




video

Duas vozes magníficas, uma letra a apelar ao coração, seja qual for o tipo de afecto que nos faz gostar. E pode acontecer... encontrar alguém que nunca se conheceu, que não se sabia procurar, e que, finalmente, se encontrou ... sem que alguma vez se tenha esquecido! É bom existirem esses alguéns nas nossas vidas, ainda que o Cosmos tenha a sua maneira de fazer as coisas :) É um prazer ter-te na minha vida...


Beijinhos. Teresa (ET)

sexta-feira, 4 de julho de 2008

Os gatos ...

Ontem, antes de dormir, vi uma apresentação que falava de gatos e dos seres especiais que eles são! Mais uma vez era realçada a capacidade destes seres misteriosos captarem as energias menos boas e a canalizarem para si próprios, neutralizando-a com um "dom" que lhes é natural! Aconselhava até que tivessemos mais do que um felino em casa, evitando assim "sobrecarregar" um só destes fofinhos, que instintivamente se aproximam de nós numa atitude de protecção, já que "pressentem" se estamos mais ou menos iluminados, contrariando assim a ideia de que estes animais ágeis, suaves e desconcertantes, são totalmente independentes, falsos e interesseiros! Quanto aos gatinhos abandonados, foi defendida uma ideia interessante: "Não é o dono que escolhe o seu gato, mas o gato que se faz escolher":) Foi assim com o meu Katrina!Veio, conquistou e ficou...até hoje! Desconfio que ele adivinhou que vi a apresentação...À noite veio ao meu quarto, saltou para a cama e aninhou-se ao meu lado... Noutro dia tê-lo-ia colocado fora do quarto, mas ontem... pronto...deixei-0 fazer a missão dele: ficou ali a proteger-me ... e a ronronar:)


Beijinhos

quarta-feira, 2 de julho de 2008

Uma Rosa Especial


Hoje parei um bocado.
Entreguei o meu pacotinho de exames nacionais corrigidos, que encerra uma quantidadezinha de relíquias que me consumiram estes últimos dias. Já sonhava com com números e cotações...Entregá-los foi ficar espantosamente "mais leve".

Quando páro penso, ainda que pense em movimento também:). Mas hoje parei para pensar naquilo que nos faz correr! Olhei para aquele envelope cheios de provas e pensei:"Quantas horas da minha vida te dediquei?". Foram tantas e tão egoístas!

Pergunto-me se terei conseguido esse tempo para dedicá-lo a quem amo, sempre!!!

Hoje penso numa pessoa em particular, a minha tia, de nome Rosa! Neste espaço de flores e pétalas deixo umas palavras que improviso agora para ela, para que as leia quando voltar a casa, depois de, como nos habituou, ganhar a batalha contra um corpo físico que teima em medir forças...

Então para ti nina,


Nas batalhas desta vida, és uma guerreira,

qual alma vagabunda que enfrenta o vendaval

Os ventos da tormenta que arrastam a mariposa,

transformas tu em brisa e em pétalas de Rosa.

Hoje dor... amanhã flor!


Adoro-te Lolita!! Beijinhos e uma flor...

NeoEarth